segunda-feira, 25 de março de 2013

Novas biritas : Introdução ao Zend Framework 2 - Parte 1 - Instalação e zf2tool

Eis que agora temos a nova versão do Zend Framework - o ZF2.

Eu confesso que olhando o bicho, minha impressão é que ele é um pouco mais complicado de configurar que o ZF1, então tentei usar outro framework escolhido por motivos profissionais ( não vou falar qual é o concorrente, humft ! ).

Esse se mostrou tão mais complica do quanto o ZF2, então resolvi voltar ao velho framework.

As vantagens de se usar o ZF2 são as mesmas de sempre: padronização, modularização etc. Então, escolhido usar o ZF2, vamos trabalhar.

Para começar, devemos ter a mão o zf2tool. Para quem não sabe, o zf2tool é uma ferramenta de linha de comando que nos permite criar nosso projeto e seus componentes automaticamente usando a shell ao invés de criarmos cada coisinha a mão.

Baixe o zf2tool do endereço http://packages.zendframework.com/zftool.phar.

Salve esse arquivo 'zftool.phar' na sua pasta de executaveis do sistema, ou coloque numa pasta que esteja em seu PATH.

Agora, vamos trablhar com ele.

  1. Crie seu projeto ( aqui chamamos de 'meuprojeto' mesmo ):

    $ zf create project meuprojeto
    

    e assim será criado uma pasta de nome "meuprojeto " com o "esqueleto" do zf2.

  2. Se você percebeu, ao terminar o comando acima, foi mandado que você entre na pasta e execute o comando:

    $ composer.phar install
    

    Pois bem, faça isso.

    Caso você não tenha o composer instalado, baixe-o daqui http://getcomposer.org/.

  3. Se tudo deu certo, entre na url de seu projeto no navegador

    http://localhost/meuprojeto

    e se você ver a página de boas vindas do ZF2, então está tudo ok até agora.

  4. Aogra, para dar o gostinho de quero mais, vamos criar a coisa mais básica no zf2 : uma 'action'.

    Para isso, temos de ter em mente 3 arquivos:

    • module/Application/src/Application/Controller/IndexController.php
    • module/Application/view/application/index/index.phtml
    • module/Application/view/application/layout/layout.phtml

    Onde vemos aqui que o primeiro é o controller padrão da aplicação, na segunda linha temos a 'view' para o 'indexAction' e a terceira linha é o arquivo de layout do site.

    Você pode brincar a vontade com esses arquivos para ver como é a coisa.

  5. No controller 'IndexController.php', crie uma action com o nome que quiser ( aqui usaremos 'minhaaction' ):

    function minhaactionAction(){
        print "Alô mamãe !";
    }
    
  6. Agora, crie uma 'view' para 'minhaaction' na pasta 'module/Application/view/application/index' de nome 'minhaaction.phtml', e escreva algo dentro.
  7. Agora, no seu navegador, digite a url

    http://localhost/meuprojeto/application/index/minhaaction

    e se aparecer escrito "Alô, mamãe !", você acabou de criar sua action.

E pronto, agora você está apto a criar um site beeeem simples com o zf2, já que o processo de criação de mais 'actions' e mais 'views' segue o mesmo esquema.

Na parte 2 eu vou ensinar como criar seus controllers. Até lá.

Um comentário:

  1. Olá Albert, andei lendo sobre o zf2 e parece que a perfomace dele é muito baixa comparada ao zf1, qual você aconselharia ?

    ResponderExcluir